Festa do Livro

Festa do Livro
Seja bem-vindo.
Neste blog daremos conta das nossas actividades, palestras, exposições, etc.

Visite-nos e comente, sempre que lhe aprouver.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Hora do conto - Quem deu um pum?


Não fui eu
Nem foste tu!
Afinal quem é que foi?


Se não tiveste oportunidade de participar na Hora do Conto do dia 27 de Julho, Sábado às 11 horas, podes visitar-nos para descobrir por ti esta história!


sábado, 20 de junho de 2015

Hora do Conto "Amigos do Peito"

No sábado, 20 de Junho, exploramos a história “Amigos do Peito", do autor Cláudio Thebas.


Neste livro somos levados pela mão de um menino que mora num bairro como tantos outros. Ele quer falar-nos de amigos, amigos do peito. Para isso leva-nos pelas ruas do seu bairro, por sinal um bairro muito parecido com o nosso, onde encontramos uma escola, um bar, uma casa à esquina, um jardim, prédios… Mas estas ruas e casas não são a única coisas que nos parecem familiares, também a voz do menino nos soa familiar. E os amigos de quem fala parecem lembrar-nos os nossos, porque todos os temos e todos brincamos com eles num bairro qualquer, esse espaço comum que nos recorda que somos feitos de muitos amigos e sítios, e por isso algo de bom acontece quando os revemos.

terça-feira, 16 de junho de 2015

Hora do conto Porquê?



Qual será o motivo de tanta pergunta?
Se queres saber, assim como  eu também quis, anda requisitar o livro à Biblioteca Municipal e descobre qual é o  motivo de tanta pergunta.
Vais achar esta história muito divertida, assim como os meninos que assistiram à hora do conto.
Aguardo a tua visita!





sábado, 6 de junho de 2015

Hora do Conto "Perigoso!"

"Perigoso!" foi a história de Tim Warnes escolhida para a Hora do Conto de hoje, sábado, dia 06 de Junho.

Uma história encantadora de uma toupeira que gostava muito de palavras e, por isso, escrevia-as em pequenos rectângulos de papel e colava-as  em tudo o que via. Até que um dia... bem, até que um dia encontrou uma coisa muito estranha no seu caminho!
Depois de lhe tocar com muito cuidado escreveu a palavra verde e colou-a, com muito cuidado.
E depois outra... e depois ainda mais algumas.

O que seria? Continuas curioso para saber o resto da história? Eu sei que sim mas para isso, terás que passar na nossa biblioteca e ler este maravilhoso livro ou então, requisitá-lo para o leres em tua casa.
Aparece. Estamos à tua espera!