Festa do Livro

Festa do Livro
Seja bem-vindo.
Neste blog daremos conta das nossas actividades, palestras, exposições, etc.

Visite-nos e comente, sempre que lhe aprouver.

sexta-feira, 21 de março de 2014

Hora do conto a partir do Livro: O alfabeto do corpo humano


No sábado passado, aprendemos muito na hora do conto com este belíssimo livro de José Jorge Letria, onde através dessa máquina maravilhosa que é o nosso corpo humano, o autor nos ensina o alfabeto e muito mais coisas.
O "A" das amígdalas que nos protegem de infecções do aparelho respiratório, o "L" da língua que nos dá o paladar e nos ajuda a falar, o "S" de sangue que nos corre pelas veias e artérias, e por aí adiante!

Tanta coisa que aprendemos com esta Hora do Conto, foi o que provaram  os meninos que participaram na actividade que se seguiu.
Os mais crescidos, preencheram o questionário completo e não erraram.
Os do meio, pintaram  e cortaram um corpo de um soldado que se dividia em cabeça, tronco e membros e depois fizeram um boneco articulado.
E os mais pequeninos, pintaram e recortaram a cabeça, as orelhas, a boca, o nariz e os olhos e tiveram que os colar no sítio certo. Teria ficado tudo no devido lugar? Hum... claro que sim!

Obrigado mais uma vez pela vossa presença e já sabes: se quiseres aprender o alfabeto do corpo humano, aparece na nossa biblioteca, temos muitos livros que te podem ajudar!












segunda-feira, 10 de março de 2014

Hora do Conto - "Artur"


No passado sábado, dia 8 Março, ouvimos mais uma belissima história chamada "Artur", que foi escrita por Marc Taeger e ilustrada por Oli.
Esta história conta-nos a aventura de um pintainho antes e depois de sair do ovo.
Como todos sabemos os recém-nascidos são muito frageis mas existe sempre alguém que os protege!
Vamos ver o que fizemos na actividade e desdobrir quem é que protege o Artur.

Mas o que é que vai sair daqui!

 O contorno de uma  mão?





Afinal quem protge o pintainho "artur" é...

Tertúlia ao serão | Carnaval


Todos sabemos que o Carnaval já passou mas hoje, dia 7 de Março, foi o tema escolhido para mais uma Tertúlia ao Serão na nossa biblioteca. E como gostaram os nossos amigos presentes!
Depois da recepção com música brasileira de Carnaval, começámos por mostrar o poder que tem uma máscara e o seu significado nesta época festiva. Por isso, até alguns dos presentes quiseram experimentar essa estranha sensação do poder que todos os mascarados num lugar desconhecido têm, dando assim largas à sua liberdade!

Também viajámos pelo Brasil mostrando as escolas de samba presentes no Carnaval de 2014, como sempre popular, com o seu calor humano, suas cores e baterias afinadas. Fomos até Itália para ver o Carnaval de Veneza, muito mais calmo, onde desfilam máscaras mais ricas e luxuosas, não fossem elas criadas e usadas pela nobreza daquela cidade noutros tempos com o propósito de se misturarem com o povo nas ruas!

Depois, viajámos até ao nordeste transmontano precisamente a Podence, onde vimos como os caretos, figuras diabólicas, mágicas  e misteriosas, aparecem aos magotes pelas ruas da vila, à procura das raparigas solteiras para as chocalhar na cintura com movimentos eróticos. As raparigas para não serem atingidas pelos chocalhos na cintura, mexem as ancas acompanhando essa dança e atraindo dessa forma os rapazes solteiros da aldeia, para um possível acasalamento.

Para terminar este encontro, relatámos algumas peripécias do Carnaval de antigamente em Vila Nova de Cerveira, lembrando gentes e amigos que já partiram e que muito contribuíram para esta quadra festiva na altura.
 E quanto aprendemos uns com os outros,  nesta sessão carnavalesca. Obrigado a todos, pela vossa presença e até à próxima!











terça-feira, 4 de março de 2014

Hora do Conto " O rapaz que gostava de aves (e de muitas outras coisas)"

No sábado, 01 de Março, exploramos a história “O rapaz que gostava de aves (e de muitas outras coisas)” da autora Isabel Minhós Martins.

O Ricardo nasceu num planeta ameaçado: são as florestas que estão a desaparecer, os oceanos poluídos, os problemas com a água e a energia, as centenas de espécies em vias de extinção. O Ricardo preocupa-se a sério e é mesmo um exemplo a seguir... Até ao dia em que se apercebe de que muitas pessoas à sua volta parecem viver num outro planeta.

E então, um belo dia, desiste: «Mandou a reciclagem às urtigas.

Passou a tomar banhos de imersão. Esquecia-se de desligar os interruptores. Fazia fitas para andar a pé e de bicicleta. Queria lá saber das florestas ameaçadas ou das espécies em vias de extinção...!».Mas tudo irá mudar, durante um passeio pelo campo, quando os olhos do Ricardo se cruzam com um guarda-rios em pleno voo.... Quando gostamos muito de uma coisa, queremos conhecê-la melhor. E quando gostamos e conhecemos, passamos a cuidar dela e de tudo o que existe à sua volta, sem pensarmos duas vezes.

Um livro que mostra bem como neste planeta estamos todos ligados: pessoas, aves, lagartixas, florestas, rios, a chuva ou o sol.

No atelier de expressão plástica todos os meninos criaram um "guarda-rios".